Walton Luz - Artigos, dicas e vídeos sobre audiovisual, educação e tecnologia.


Fotógrafo, videomaker vale a pena ser MEI?

Por Walton Luz dia em Empreendedorismo



Fotógrafo, videomaker vale a pena ser MEI?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Para você empreender não é preciso necessariamente ter uma empresa, você pode empreender como pessoa física, mas a formalização do seu negócio pode lhe trazer uma série de vantagens.

Quando você está começando o seu negócio e pensa em ter o seu CNPJ, uma opção interessante é o Micro Empreendedor Individual (MEI). E essa opção é interessante porque o processo de formalização pode ser feito via internet, dentro de poucos minutos você já está com o seu CNPJ em mãos, você paga um taxa fixa que varia de 50 a 56 reais mensais, dependendo da atividade que você desempenha, não é necessário ter contador e nem sede própria, servindo como referência o endereço da sua residência.

E quais as vantagens de ser MEI?

Além das vantagens já descritas acima, como o processo de abertura simplificado, pagamento de uma taxa fixa e dispensa de serviços de um contador, com seu CNPJ em mão você tem acesso a:

Emissão de Notas Fiscais:

As notas fiscais são exigidas por muitas empresas no momento da prestação de um serviço ou aquisição de um produto, além do mais, sem emitir notas fiscais você não consegue por exemplo participar de licitações no âmbito governamental.

Abertura de contas Pessoa Jurídica (PJ):

As contas pessoas jurídicas geralmente oferecem pacotes de serviços mais completos que as contas pessoas físicas, com limites de movimentações maiores. Essas contas e o seu próprio CNPJ abrem a possibilidade de acesso a várias linhas de crédito e que geralmente têm taxas de juros mais baixas do que as taxas aplicadas para as pessoas físicas.

Essas linhas de crédito podem ajudar muito a alavancar o seu negócio, seja na aquisição de equipamentos, atualização dos equipamentos já adquiridos, investimentos em marketing, formação do seu capital de giro, etc.

A abertura de um conta PJ serve ainda para que você possa separar os seus rendimentos dos rendimentos da empresa, facilitando assim o acompanhamento do faturamento anual e deixando mais eficiente a própria administração da empresa.

Tributação menor que pessoa física

Quando você não tem o seu CNPJ e faz uma prestação de serviços que exigem emissão de notas fiscais essa nota é emitida como pessoa física e o imposto devido é cobrado sobre o valor total da nota, e as alíquotas podem variar de 3, 5, 7% ou mais, dependendo da natureza do produto ou serviços prestados. Já no caso do MEI você paga um valor fixo por mês. O MEI também está isento de imposto de renda.

Cobertura previdenciária:

Ao formalizar-se o MEI passa a ter cobertura previdenciária para si e para os seus dependentes. Tendo direito a aposentadoria por idade, auxílio doença e aposentadoria por invalidez e salário maternidade e os dependentes têm direito a pensão por morte e auxílio reclusão.

Acesso ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE):

Esse apoio do SEBRAE pode ajudar muito o empreendedor a tirar dúvidas em relação ao negócio formalizado e também traçar estratégias para o desenvolvimento da sua empresa.

Carteira assinada:

Outra grande vantagem do MEI é que você pode ter carteira assinada e criar a empresa no seu nome sem que um coisa interfira na outra. Isso é interessante se você está começando a sua empresa mas ainda precisa manter o seu emprego até que o faturamento do seu negócio consiga gerar o seu sustento e de sua família. O MEI pode ainda assinar a carteira de até um funcionário.

Fotógrafo, videomaker vimos até aqui uma série de vantagens ao formalizar o seu negócio como MEI, mas é bom deixar claro que o MEI também tem obrigações a cumprir que é o pagamento da Documento de Arrecadação Simples (DAS), que é aquele imposto que deve ser pago todos os meses e o preenchimento da Declaração Anual do Simples Nacional - Microempreendedor Individual (DASN) que é um documento com a listagem do faturamento anual, além de guardar as notas fiscais emitidas por 5 anos para fins de fiscalização.

E você já formalizou o seu negócio?

Alguns livros para aguçar o seu mindset empreendedor:

Audaz: As 5 competências para construir carreiras e negócios inabaláveis nos dias de hoje https://amzn.to/2DtJP8D

Incansáveis: Como empreendedores de garagem engolem tradicionais corporações e criam oportunidades transformadoras https://amzn.to/2ZoVK0R

Me Poupe!: 10 passos para nunca mais faltar dinheiro no seu bolso https://amzn.to/2KSbI0b

Ficou com alguma dúvida? Deixe-a nos comentários abaixo e teremos prazer em respondê-lo(a).

Walton Luz | contato@waltonluz.com.br

Redes Sociais

▶ Facebook: http://fb.com/waltonluz01

▶ Instagram: http://instagram.com/waltonluz

▶ Site: http://www.waltonluz.com.br

▶ Linkedin: https://br.linkedin.com/in/walton-luz-ba8ba97a

 

Referência: http://www.portaldoempreendedor.gov.br/

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES! Acompanhe artigos, dicas e vídeos sobre audiovisual, educação e tecnologia. Cadastre-se agora mesmo!
 
 
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

Olá, deixe seu comentário para Fotógrafo, videomaker vale a pena ser MEI?

Enviando Comentário Fechar :/